Assembléia Cidadã sobre Descentralização do Orçamento Municipal

Publicado para | Secundário em 12 de julho de 2017 00:33

Venha participar de uma experiência inovadora de democracia direta! Vamos testar novos mecanismos de tomada de decisão, menos vulneráveis à influência do poder econômico.

A rede Nossa São Paulo desenvolveu o projeto Assembleia Cidadã em colaboração com Rodrigo Oschigame, doutorando em ciência, tecnologia e sociedade do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e James Holston, professor de antropologia e dietor do Laboratório de Aplicativos Sociais da Universidade da Califórnia (Berkeley), que desenvolvem novos mecanismos de democracia direta e participação social.

No dia 5 de agosto de 2017, a primeira Assembleia Cidadã de São Paulo discutirá e votará propostas sobre a descentralização do orçamento municipal. Antes da votação das propostas, os participantes poderão interagir com comentaristas e formar grupos de discussão para que, de forma coletiva, possam produzir propostas favoráveis à qualidade de vida na cidade.

A proposta mais votada será encaminhada à Prefeitura e à Câmara Municipal, de modo a pautar o processo de descentralização no governo municipal, fortalecendo o papel dos Conselhos Participativos.

Todas e todos podem participar! Venha construir propostas que possam mudar diretamente a sua vida na cidade!

Leia Mais e saiba como participar clicando neste link: http://www.cidada.org/

As inscrições de propostas e comentaristas vai até 21/07/2017. Qualquer pessoa, grupo ou organização pode apresentar uma proposta relacionada ao tema, preenchendo o formulário de proposta até o dia 21 de julho. A proposta deve ser concreta, clara e detalhada, respondendo a questão: “Qual seria a melhor forma de descentralizar o orçamento municipal com participação dos moradores da cidade?”

Veja outras publicações das mesmas tags: | |

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil - São Paulo (OSB-SP)

O Observatório Social (OS) é um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública na cidade de São Paulo.