Observatório Social e EACH-USP firmam convênio para monitorar orçamento de SP

Convênio tem o objetivo de compartilhar conhecimento com os voluntários que realizam o monitoramento dos gastos públicos na capital paulista.

Publicado para | Destaque | Notícias em 12 de fevereiro de 2017 16:13

Observatório Social do Brasil – São Paulo (OSB-SP) e a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP firmaram um convênio com o objetivo de compartilhar conhecimento com os voluntários que realizam o monitoramento dos gastos públicos na capital paulista. O principal projeto da parceria é o “Cuidando do Meu Bairro”, uma premiada plataforma que tem a professora da EACH, Gisele Craveiro, como uma das responsáveis por seu desenvolvimento.

“Reconheço no OSB-SP uma importante iniciativa que visa contribuir com a cidadania, através de ações do acompanhamento do orçamento e monitoramento das políticas públicas. Essa parceria é uma via de mão dupla onde todos aprendem e todos ensinam uns para os outros. Para nós será uma grande oportunidade à academia e para a sociedade civil trabalharem de forma multissetorial, na identificação e resolução de problemas”, garante a professora Gisele Craveiro, coordenadora do grupo de pesquisa Colaboratório de Desenvolvimento e Participação.

Com esta cooperação técnica será possível que ambas as instituições, em áreas de mútuo interesse, disseminem conteúdos de controle social e participação popular – por meio eventos científicos e culturais – voltados à sociedade civil. Cidadãos interessados nos temas transparência, orçamento municipal e eficiência da gestão pública local receberão capacitação para utilizar a ferramenta “Cuidando do meu bairro”.

“Nossa expectativa, inclusive, é de desenvolvermos um projeto focado em um curso de extensão universitária, para trazer o tema monitoramento de gastos para dentro da faculdade”, disse Gioia Tosi, diretora do Observatório Social do Brasil – São Paulo.

Cuidando do Meu Bairro

Cuidando do Meu Bairro é uma plataforma que busca apresentar os dados dos gastos públicos da cidade de São Paulo, no mapa da cidade, usando um código de cores para apresentar o seu status (planejado, empenhado e liquidado) em tempo real. Além disso, a nova versão da plataforma está integrada ao E-Sic da Prefeitura de São Paulo, o que possibilita que qualquer dúvida ou complementação da informação sobre determinado gasto pode gerar um pedido de informação via Lei de Acesso à Informação (LAI).

É importante ressaltar que tanto as perguntas como as respostas estão públicas no site do Cuidando, o que contribui não somente ao controle social do gasto público, mas também para o maior entendimento e compartilhamento de informações para a cidadania.

Sobre o OSB-SP

O Observatório Social do Brasil – São Paulo é uma organização criada pela sociedade civil, apartidária, que promove a cidadania fiscal, trabalha pela transparência na gestão dos recursos da capital paulista, como forma de impedir a corrupção e auxiliar a correta aplicação dos recursos que vêm dos tributos dos paulistanos. Órgãos de controle social, entidades representativas, grupos sociais organizados, investidores sociais e membros da sociedade civil compõem o grupo que mantem mais de 50 apoiadores. A unidade da capital paulista integra a Rede OSB, presente em mais de 120 municípios brasileiros. www.saopaulo.osbrasil.org.br

Fontes: Comunicação OSB-SP e EACH-USP

Veja outras publicações das mesmas tags: | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | |

Mantenedores

ObservatórioSocial do Brasil - São Paulo (OSB-SP)

O Observatório Social (OS) é um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública na cidade de São Paulo.